Pages

primeiras roupas ♥



Chegamos às 32 semanas (!) deste amor pequenino. Tenho de confessar que tudo o que envolve roupas pequeninas, cores neutras, lençóis mini, animais de peluche e decoração de um quarto de bebé me tem ocupado o pensamento e os dias a 90%.

Sinto cada vez mais a vontade de fazer o "ninho" como lhe chamam e nesta fase é importante já ter algumas coisas bem definidas. A mala (que ainda não está), o quarto (que muito muito em breve vos dou a conhecer) e escolher com todo o amor e carinho as primeiras roupas.




Tenho uma adoração por estes tons. Cinzentos, beges, toupeira, branco. Tenho algumas coisas azuis, mas acabei por dedicar-me mais a este estilo neutro. 

Um amor as primeiras roupas do Sebastião ♥


Peluche Coelho - Homemade (feito por familiares)
Botinhas -Homemade
Macacão Toupeira - Ramo Verde
Macacão Cinza - Laranjinha
Casaco Branco - Homemade
Envelopes primeiras roupas - Homemade


SHARE:

agora sou "apenas" a mãe

Penso em muitas coisas que não escrevo aqui. Nunca seriam socialmente aceites. Coisas que só admitimos para nós próprias, que os outros tentam desculpar com as descargas hormonais ou a ansiedade do momento. Coisas que soam ingratas e egoístas. Há momentos, que não chegam a ser dias sequer, apenas momentos. Duram alguns minutos, muitas vezes desencadeados por palavras ou gestos sem sentido, em que me pergunto se estou preparada para isto. Se é a altura certa. Se conseguirei a paz de espiríto necessária para não largar tudo e pensar só em mim. Logo depois sinto-te mexer dentro da minha pele e sinto-me a pessoa mais abençoada do mundo, cheia de amor, preparada para tudo. Acabo por me sentir mal comigo mesma devido às limitações que me impões, e mal comigo mesma por ser egoísta a esse ponto. É como uma montanha russa de emoções. Ora tudo me parece errado ou demasiado certo. A verdade é que ninguém nos prepara para todas as alterações que vamos sentir, fisica e emocionalmente. Deixamos de ter o nosso corpo, de conseguir controlar as alterações que nele acontecem, começamos a ser tratadas por mãe. Deixei, pura e simplesmente, de ser a Joana e passei a ser a Mãe. É um estatuto interessante, mas ainda o sinto como redutor. Por fim, todos esperam que estejamos calmas, relaxadas, pacientes, com um brilho nos olhos, com todo o instinto que nos é inerente. E todos nos dizem que vai correr tudo bem, que saberemos sempre o que fazer, que é o melhor do mundo. E, mesmo assim, não é assustador saber que vem aí o melhor do mundo? E que somos nós que lhe estamos a dar vida? Que somos, na verdade as mães da próxima geração? Das próximas pessoas?


SHARE:

experiências deliciosas ♥


Passamos 9 meses a imaginar como será o nosso bebé. Terá o nariz do pai? As bochechas da tia? O queixo da avó? Há quem diga que assim que nascem são a cara do pai, mas passamos sempre imenso tempo a divagar pelas fotografias de bebés da família à espera do grande momento. 




A convite da BabySmile matei a curiosidade e conheci o Sebastião um bocadinho antes! E que experiência foi! Para além de ter amigas no projecto, a Inês é um poço de paciência e simpatia. O Sebastião esteve meia hora sem se decidir se deveria aparecer, mas com uns docinhos e muitas palmadinhas de amor lá conseguimos finalmente ter uma imagem perfeita! Não existem palavras para descrever o que é distinguir os traços do nosso bebé. É simplesmente delicioso ♥



Podem saber tudo acerca da ecografia emocional 4D no site da BabySmile. Para além de terem clínicas fixas também participam em eventos de norte a sul!



É ou não é uma delícia??? ♥



SHARE:

chovem coisas bonitas ♥

Trazer o melhor do tempo lá fora cá para dentro.


Adoro receber coisas bonitas pelo correio, ainda para mais quando sei que vêm cheias de boa energia e que são feitas com o coração.

A Joana, da Cloudish, ofereceu miminhos para o quarto do amor pequenino. E eu fico de coração cheio com estes gestos de pessoas que só conhecemos através de algumas imagens nas redes sociais. São estas pequenas coisas que temos a agradecer à era digital em que vivemos. De nos cruzarmos com pessoas tão especiais.



Temos feito tudo com muita calma. Sem pressas, com gestos demorados, como se namorássemos cada minuto que passamos a criar este espaço. As paredes já têm o tom certo, o berço já está montado, falta tudo o resto. Mas está tudo imaginado :)

Estes pequenos apontamentos tão bonitos aceleram-me a vontade de ter tudo pronto JÁ.
Nas próximas semanas vou partilhar mais à medida que o quarto vai tomando forma.


Obrigada Joana ♥


SHARE:

bem vindos 30♥


Não me canso de receber flores. Simples, brancas, ficam sempre bem em qualquer divisão da casa.
Estas são frésias (têm um aroma maravilhoso) e foram-me oferecidas por uma  querida amiga no meu aniversário.


Recebi mais presentes do coração de pessoas que sabem bem do que gosto. Penso que é a parte boa do processo da maturidade, conhecermo-nos melhor e dar-nos a conhecer aos outros como somos.



 Shampoo e Gel de Duche da Cowshed, uma marca que diz ser livre de químico e apenas à base de produtos naturais, Estou super curiosa em experimentar!


Camisa H&M
Mala Mango


Camisas de dormir e roupão para a maternidade Womens Secret


O livro Como não Morrer, para continuar a minha saga literária dos últimos tempos. Para breve vou falar-vos sobre tudo o que tenho aprendido e implementado no meu dia a dia.

Mas o que ainda não vos disse e que me deixou de lágrimas nos olhos, foi o presente que recebi do meu amor. Há algum tempo que percebi que a minha máquina fotográfica actual não estava ao nível do que queria. Pois que recebi a máquina perfeita. De tal forma que me sinto intimidada só de olhar para ela. É linda, é perfeita, é tudo o que eu quero.


Fujifilm XT-1 Silver Edition

Vamos ser inseparáveis nos próximos tempos até conhecê-la como a palma da minha mão ♥

Estou tão mas tão agradecida. Foi um dia cheio de sol, calor, como há muitos anos não tinha a sorte de ter. Estive com os amigos, a família a duplicar e fiquei de coração cheio com todas as surpresas.
Bem vindos 30 ♥



SHARE:

projecto do ♥

Foi um projecto feito com o coração. Uma pessoa muito especial decidiu mudar de vida quando já ninguém acredita que se podem realizar sonhos.Com um orçamento muito limitado, pegámos num espaço completamente fora de moda, velho, sujo, pouco aproveitado e imaginámos o enorme potencial escondido por trás das paredes escuras.

Corri imensas velharias, catálogos de cor, fotografias de inspiração no instagram. Queria um espaço funcional, cheio de luz, contemporâneo, mas que ao mesmo tempo tivesse alguma história para contar. Consegui-o através de quase toda a mobília que comprámos em segunda mão e à qual lhe demos uma nova vida. O destaque foi todo para ela, o chão e as paredes cederam-lhe o papel principal.



Ficou harmonioso, confortável, com uma luz incrível.




O Grão de Café fica em Santarém. 

É o meu primeiro projecto do ♥



Mobília : Lojas de 2ª mão, Ikea e algumas feitas por nós



SHARE:
© O que vem à rede é peixe. All rights reserved.